Escape fazendo sua jangada

Luna

20110820-lost.jpg

Chuck Noland (Tom Hanks), o cara que passou por um tomento que durou quatro tenebrosos longos anos - sobreviveu sozinho em uma ilha deserta. Tudo que o personagem do filme Cast Away queria era conseguir construir uma jangada e se mandar daquele lugar onde Judas perdeu os calos.

Na vida real, em 1955, o colombiano Luis Velasco passou 10 dias em um bote no mar antes de ser socorrido. Para sobreviver ele tentou comer o próprio sapato.

Nem sempre sabemos o que nos espera nos próximos episódios da vida. Comer sapatos não é legal. Veja algumas boas dicas. Elas te ajudarão a se sair muito bem em uma situação de náufrago:


Se você tiver uma calça, ela pode ser usada como bóia. Feche o zíper e o botão da calça e vire-a do avesso. Dê um nó em cada ponta. Desvire-a para o lado certo. Erga a calça e bata forte com o tecido na água. Feche o cós para não entrar água. Sua bóia está pronta. As pernas irão inflar de ar e você poderá flutuar por alguns minutos. Quando esvaziar, repita a operação.

A Fogueira é fundamental para sua sobrevivência. Acenda uma. Ela servirá para aquecer, preparar comida e fornecer luz e fumaça para você ser identificado a distância. NÃO! Não assopre quando aparecer a chama! O ar que sai do pulmão tem 12% menos oxigênio. Abane com a mão. Jogue folhas verdes no fogo. A água dentro das folhas, em contato com o calor, vai gerar uma fumaça preta boa para chamar atenção. Não se esqueça de que as três baforadas rápidas de fumaça, é sinal padrão de que você precisa de resgate.

Você não é como um camelo. Ao sair da ilha você não vai sobreviver por mais de 4 dias sem água. Leve a água que puder dentro de cocos ou peles de animais (e também objetos para armazenar a chuva). Comida e uma proteção contra o sol são essenciais. Vá já procurar um tutorial de como fazer um odre.

Agora, vamos construir a jangada. Arrume cinco troncos de madeira e 4 ripas para a jangada. Rápido! Rápido! Se você estiver sem faca, procure por uma pedra lascada e corte a madeira com ela. Corte apenas 30 centímetros de galho e jogue-o na água. Se ele boiar, a árvore inteira também vai.

Faça 4 sulcos nas toras de madeira nas duas extremidades, do lado de cima e de baixo. Encaixe as ripas que vão segurar a jangada. Prenda as ripas, feitas da mesma madeira, nos sulcos e amarre. Leve muita corda extra. No mar as cordas vão estragar e você terá de trocá-las.

Na falta de cipó, escolha cascas de árvore flexíveis. Descasque uma árvore. Se a fibra sair inteira, serve de corda - e poderá amarrar as ripas. Pronto. Você já tem sua jangada. Bear Grylls ficaria orgulhoso.

Agora é só soltar a jangada na água. Procure a corrente de retorno, o lugar por onde as ondas que são levadas até a praia voltam para o oceano. Identifique-a pela cor (mais barrenta) e pela água fria e profunda. É mais fácil vê-la na maré baixa, quando o mar está calmo. Por fim, descubra quais são as correntes marítimas perto da sua ilha observando de que lado as ondas estouram em pedras no meio do mar. Pegue a sua corrente e vá com fé.

Via | Super.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo