Escreva corretamente... ainda que seja um troll

LuisaoCS

Escreva corretamente... ainda que seja um troll

É bem verdade que o pessoal da área de Letras costuma evidenciar uma ignorância maior em Ciências do que os da Ciências com respeito às Letras. Mas atualmente muitos estudantes de Ciências, principalmente de Exatas, estão descuidando muito de sua forma de escrever até limites insondáveis. Limites que talvez não sejam apreciados em um taquigráfico Twitter, mas que mostram total ridicularização em um comentário extenso de um blog, por exemplo. Escrever bem, pois, não é uma obrigação para escritores ou poetas ou filósofos, senão para todos. A desculpa de que "mi fasso entender excrevendo herradu" é um argumento carregado de uma pobreza sem fim.


Quando falo "escrever bem", naturalmente, não me refiro a escrever de forma hermética e pedante. Refiro-me a evitar as faltas de ortografia mais elementares, e mostrar uns mínimos de clareza e coerência na expressão escrita.

Noto que isto está cada vez menos presente porque às vezes recebo alguns e-mails ou comentários via blog que, literalmente, não consigo entender o que significam. Não sou um desses tipos com uma percepção hierárquica da cultura, também não sou nenhum purista da língua, ao contrário, gosto dos neologismos de Caetano e dos estrangeirismos da Rede -guardando-se as devidas proporções- como forma de permitir licenças e "digievolucionar" o conhecimento. Mas uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.

A gente pode escrever estenográficos SMSs para sintetizar uma mensagem no display de um celular. Mas tudo isso é permissível se em determinadas circunstâncias sejamos capazes de nos expressar com verdadeiro rigor.

No entanto, ainda me surpreendo de que existam pessoas, que não conheço, que se atrevam a entrar em contato comigo de uma forma tão desarticulada que mal sou capaz de extrair o sentido da mensagem, como aconteceu dias atrás quando um fotógrafo português exigiu que retirasse as suas fotos de um outro blog que administro. Estão tão acostumados a vadiagem linguística, que não percebem que seu texto é também sua carta de apresentação. Não se dão conta de que com a pobreza de seu texto é como se apresentassem a um encontro social usando unicamente cuequinhas com freadas de caminhão.

Não sugiro em nenhum momento que uma pessoa que mostre uma maior solvência com a caneta seja mais inteligente ou culta que outra que só saiba se expressar com opiniões e incorreções ao estilo "e ai blz? ker tc manuh". Conheço pessoas que escrevem como disléxicos retardados que, no entanto, possuem uma inteligência ímpar, mas que infelizmente estão mergulhados nesta "falta de senso" de que escrever errado não faz mal. Daqui há pouco voltaremos aos grunhidos.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Pior que uma pessoa sem cultura escrevendo errado é uma com doutorado falando errado. Minha professora de sociologia fala pra Deus e pro mundo que tem doutorado mas, quando tá explicando a matéria, solta uns 500 ''seje''.

Esses dias no Facebook vi algo muito interessante:

CAMPANHA:
DESDE - se escreve JUNTO;
MENAS - NÃO existe;
SEJE - está ERRADO;
............COM CERTEZA - se escreve SEPARADO;
DE REPENTE - se escreve SEPARADO;
MAIS - Antônimo de MENOS;
MAS - Sinônimo PORÉM
MIM não conjuga verbo em hipótese alguma
AGENTE - É DA POLÍCIA FEDERAL, SWAT, CIA,...
EM CIMA - É SEPARADO
EMBAIXO - É JUNTO

Não precisa ser nenhum doutorando pra ter noção de que um comentário bem escrito, mesmo que não faça sentido, ou seja contrário ao princípio moral do assunto, será levado muito mais em consideração do que algum mal escrito, ou escrito em ''tiopês'', pelos usuários do forum.

Odeio quando escrevem errado.

Lembrei da primeira vez em que entrei em um chat, há uns 5 anos, e um cara veio até meu nick e jogou pra mim: Kr tc? ( Quer teclar?) Eu não imaginava o que seria 'Kr tc?', me deu aquela coisa que dá no Palhaço do Oscilometro e respondi: Kr tc? Kr tc o ca$%#@ É vc, seu filho #@$&%*!

Aí, que dó, ele só queria fazer amizade. Enfim...

Uso sempre o 'vc', resquício de chat.

Bem, meu português tá longe de ser mais ou menos, embora tenha melhorado com a net, porque passei a ler mais. As vírgulas são meu terror, sou desatenta também. Quando estou escrevendo, a cabeça fica a mil nas idéias e a digitação não acompanha, tenho que ficar relendo pra corrigir 10 x. Ai de mim se não fosse o corretor ortográfico.

Luisão, concordo com você em número e grau.

kkkkkkkk

Deixe um comentário sobre o artigo