Quantas espécies habitam a Terra?

LuisaoCS

Quantas espécies habitam a Terra?

A cifra mais precisa calculada até a data é 8,7 milhões: onde 6,5 milhões se encontram sobre a superfície e 2,2 (25%) habitam as profundidades do oceano. Estes dados foram fornecidos por cientistas do Censo de Vida Marinha e baseiam-se em uma técnica inovadora e validada analiticamente que reduz de forma precisa o número de espécies que se estimava anteriormente, cujo valor oscilava entre 3 e 100 milhões.

Ademais, o estudo publicado pela PLoS Biology afirma que 86% de todas as espécies sobre a terra e 91% das do mar, ainda não foram descobertas, descritas e catalogadas. O autor deste estudo Camilo Mora, da Universidade do Havaí, afirma:


- "A questão de quantas espécies existem vem intrigando os cientistas durante séculos e a reposta, junto à pesquisa de sua distribuição e abundância, é particularmente importante agora, porque uma grande quantidade de atividades humanas estão acelerando a taxa de extinções. Muitas espécies podem desaparecer antes de que sequer saibamos de sua existência e sua função no ecossistema".

Por outro lado, o coautor Boris Worm da Universidade de Dalhousie, comenta:

- "Este trabalho deduz o número mais básico necessário para descrever nossa biosfera vivente. Se não soubéssemos o número de pessoas em uma nação, como poderíamos planificar o futuro?".

Em relação a esta notícia queria compartilhar uma palestra TED protagonizada por David Galo e que nos mostra alguma das maravilhas que podemos encontrar no fundo do mar.


Aguarde carregar, clique em Subtitles (se necessário) e escolha o seu idioma.

Via | BBC News.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

A palestra tá sensacional. Fiquei aqui babando no truque de esconder daquele polvo. Nunca vi nada igual. A Terra é inacreditável em espécies. O mais fantástico é a particularidade de cada bicho, cada um com seu kit de ferramentas. Uma infinidade de variedades.

O ser humano tem uma mania idiota de desejar que algo caia e destrua tudo e já vai tarde. A natureza tem todo direito de estar aqui, de habitar esse planeta maravilhoso, independente de quão miseráveis e egoístas nós somos.

Deixe um comentário sobre o artigo