A câmera fotográfica mais cara do mundo

LuisaoCS

A câmera fotográfica mais cara do mundo

Seria normal pensar que a câmera mais cara do mundo seria uma com todo tipo de novidades tecnológicas ou um desses horripilantes produtos para ricos recobertos de ouro e diamantes. Mas não, o valor desta câmera se deve a seu caráter histórico, já que é uma das 25 Leica 0 que serviram como protótipo da Leica A, a primeira câmera compacta comercial usando filme de 35mm, que se tornou sucesso mundial.

Esta, junto a suas outras 24 colegas 0-Séries Leica, foi criada pelo engenheiro óptico Oskar Barnack em 1923 para comprovar se o formato de filme de 35mm teria sucesso entre os fotógrafos.


A partir delas surgiu a Leica A em 1925, apresentada na Leipzig Spring Fair e que supôs todo um sucesso comercial, chegando a ser produzida em várias versões até 1936.

Este pedaço de história da fotografia foi vendido por 2,16 milhões de euros (5,51 milhões de reais) no leilão Photographica da Galerie Westlich de Vienna, Áustria. Desta maneira supera à anterior por quase o dobro, outra Leica 0 por 1,32 milhões de euros.

Apenas restam 12 destas câmeras em circulação, ainda que pelo preço que estão adquirindo e o interesse de compradores privados provavelmente não sejam mais vistas publicamente.

Sim, já sei que por mais de 5 milhões de reais o mínimo é que tivesse porta microUSB ou ao menos uma ranhura Compact Flash, mas não tem e ainda que faça um par perfeito com um HD a manivela, o certo é que seu preço siga aumentando cada vez mais.

Via | BBC News.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo