Anonymous lança campanha contra Igreja que opina que “Deus enviou o atirador” para Connecticut

LuisaoCS

Anonymous lança campanha contra Igreja que opina que “Deus enviou o atirador” para Connecticut

A polêmica Igreja Batista de Westboro voltou a provocar revolta ao lançar uma campanha onde insiste que "Deus enviou o atirador" à escola Sandy Hook em Connecticut, Estados Unidos, onde morreram 20 crianças e 7 adultos.

A igreja, conhecida por ser extremismo homofóbica, planeja organizar um protesto em frente à escola já que opinam que o casal homossexual tem a culpa do massacre. Isto fez com que o Anonymous lançasse uma campanha para evitar a manifestação como forma de poupar novos sofrimentos às famílias afetadas.

Em um vídeo, o coletivo afirma que "não permitiremos que corrompam as mentes dos Estados Unidos com suas sementes de ódio. Não permitiremos que inspirem agressão contra setores sociais que vocês consideram inferiores. Faremos que sejam obsoletos. Vamos destruí-los", assinalam.


Também publicaram informação de vários membros da igreja, incluindo e-mails, números de telefone e endereços. Não é a primeira vez que Anonymous enfrenta à Westboro Baptist Church. Anteriormente a igreja assegurou que "Deus odeia os hackers" e qualificou o coletivo de covardes e chorões.

Anonymous iniciou ademais uma solicitação na página oficial da Casa Branca para que a igreja seja qualificada como um grupo que incentiva o ódio. A petição já tinha quase 93.000 assinaturas quando é necessário 25.000 para que a Casa Branca revise uma petição.

Via | Beta Beat.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Duvido essa igrejinha de merda ter coragem, falar é facil. Quero ver quando as familhas das crianças que estudão na escola pedirem para colocar proteção policial se eles vão mesmo fazer droga de protesto.
Ridiculos, espero que alguem use os dados de cartões de creditos dessa igreja e cause um estrago financeiro enorme, para eles aprenderem a ficar quietos e não se intrometerem onde não são chamados. Para que piorar uma situação que já é dificil.

Deixe um comentário sobre o artigo