Astrônomos encontram Santo Graal que poderia explicar a formação de nosso sistema solar

LuisaoCS

Astrônomos encontram Santo Graal que poderia explicar a formação de nosso sistema solar

A formação do universo é, sem nenhuma dúvida, um dos processos mais enigmáticos que desafiam as capacidades humanas do conhecimento e pesquisa do mundo no qual vivemos, daí que qualquer indício que tenhamos a respeito pode ser importante para entendermos melhor como, aparentemente do nada, surgiu nossa residência no cosmos.

Neste sentido, um grupo de astrônomos nos Estados Unidos encontrou um "Santo Graal" que poderia servir como um facho de luz sobre a maneira que nosso sistema solar foi formado.


Pela primeira vez na história da astronomia, conseguiram registrar o nascimento de uma estrela a partir de uma combinação de gás e pó. Isso mesmo, a "pequena" tem apenas 300 mil anos de idade (nosso Sol beira os 6 bilhões) e se encontra a 450 anos luz da Terra, na constelação de Touro. Sua importância radica em que o surgimento de um astro deste tipo -nunca antes documentado- era uma espécie de elo perdido na informação que temos sobre a evolução do universo.

Entre outros aspectos, o comportamento da estrela -denominada L1527 IRS- revela algumas pistas sobre as etapas da formação de um sistema solar. Primeiramente observaram que o jovem astro está rodeado de um disco de material cósmico cuja velocidade de rotação muda segundo a distância à que se encontra deste, um pouco parecido a como as órbitas dos planetas variam segundo a distância com respeito ao Sol.

Para Hsin-Fang Chiang, pesquisador da Universidade de Illinois, este padrão, conhecido como rotação kepleriana, "marca um dos primeiros passos essenciais para a formação de planetas". John Tobin, por sua vez, estudante no Observatório de West Virginia, pensa que dito proto-sistema tem muitas das características que, se supõe, nosso sistema solar teve em etapas mais precoces.

Quanto ao mote de Santo Graal, talvez seja devido a figura que a estrela e o disco que a rodeia traçam.

Via | Daily Mail.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo