Misturar bebidas light com álcool eleva a taxa de alcoolemia

LuisaoCS

Misturar bebidas light com álcool eleva a taxa de alcoolemia

A concentração de álcool no hálito de uma pessoa depois do consumo de bebidas alcoólicas varia em função de vários fatores. Por exemplo, se o estômago estiver cheio a taxa de alcoolemia é mais baixa do que quando o estômago está vazio.

Agora, um estudo americano revela que quando consumimos álcool misturado com bebidas light ou baixas em calorias -isto é, com adoçantes artificiais-, a concentração de álcool no hálito é maior do que quando usamos refrigerantes açucarados.

- "Há que prestar atenção não só no quanto álcool se consome, senão como é consumido, em com o que é misturado", explica Cecile A. Marczinski, pesquisadora da Universidade do Kentucky do Norte (EUA), que lembra que as mulheres são as que com mais freqüência tendem a combinar refrescos baixos em calorias com rum, uísque, vodka ou gim. Segundo apontam em um artigo publicado em Alcoholism: Clinical & Experimental Research, os pesquisadores suspeitam que isso se deve a que as bebidas que contêm açúcar atrasam o esvaziamento do estômago e diminuem a absorção de álcool no sangue.

Se desconhecemos esta diferença, advertem os pesquisadores, poderíamos dirigir um automóvel com taxas de alcoolemia acima das permitidas legalmente só por usar bebidas light.

Via | Science Daily.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo