KLM utilizará óleo de cozinha como combustível em sua rota Nova Iorque - Amsterdã

LuisaoCS

KLM utilizará óleo de cozinha como combustível em sua rota NOva Iorque – Amsterdã

A próxima vez que subir em um avião é seguro que pensará: será que este utiliza alguma combinação de combustível que inclua óleo de cozinha para voar? Não é novidade nenhuma que as empresas aéreas estejam pensando em incorporar biocombustíveis em seus vôos para diminuir custos e também seu impacto no meio-ambiente.

A KLM é uma das mais avançadas quanto a incorporação de combustíveis alternativos em seus vôos, e no ano passado realizou um teste entre Amsterdã e Rio de Janeiro, com esta mesma fórmula energética.

Assim estão as coisas, a empresa holandesa agora anunciou que fará um vôo semanal na rota Nova Iorque-Amsterdã, com um Boeing 777 propulsionado por um combustível obtido a partir do óleo de cozinha, motivo pelo qual a imprensa desse país o qualificou como "o vôo da batata", em clara alusão à natureza do combustível.

Outras companhias aéreas seguirão seu exemplo? É de imaginar que sim, pois não é segredo para ninguém que seguem avançando muito na busca de combustíveis alternativos, o que ademais me parece uma excelente iniciativa para reduzir a poluição e inclusive baratear este meio de transporte a médio prazo.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Sera que vai ter batatinha frita de graca no voo?

Deixe um comentário sobre o artigo