Biohacker implanta um computador debaixo da pele

LuisaoCS

Biohacker implanta um computador debaixo da pele

Os cyborgs são parte da ficção científica há muitas décadas. A ideia de um ser humano potencializado pela tecnologia como parte de seu corpo é o sonho de muitos inventores. Nos últimos anos, estamos presenciando grandes avanços na matéria: quase todos, produto de anos e anos de pesquisa. Outros, no entanto, são mais impacientes, como Tim Cannon, que implantou um computador no braço sem ajuda de médicos nem anestesia.

Este biohacker decidiu implantar ante-braço um chip selado em uma caixa, alimentado por uma bateria de recarga sem fio. Em vez de fazer a cirurgia em alguma instituição médica, Cannon chamou outro biohacker, Steve Haworth, para que fizesse um corte sob a pele e introduzisse o dispositivo:


O computador, denominado Circadia 1.0, foi criado pela Grindhouse Wetware. Servirá para guardar a informação biométrica de seu portador, que poderá enviar a qualquer dispositivo Android. Ademais, é um projeto de código aberto, motivo pelo qual qualquer usuário poderá manipular os dados da maneira que queira. Se alguém se animar, Grindhouse promete em uns meses liberar uma versão de Circadia por 700 dólares, com implante incluído.

Talvez por agora respondamos com um "não, obrigado!" à oferta de um implante sub-cutâneo, mas quem sabe no futuro? Este louco experimento poderia levar, em alguns anos, a um desenvolvimento bem mais compacto e seguro. Quem sabe, talvez daqui a pouco não estaremos falando mais do Google Glass, senão de dispositivos dentro de nosso corpo.

Via | Extreme Tech.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Sou completamente a favor de implantes para melhorias. Criticar o cara (como em alguns sites) que implantou um hardware no braço é pura hipocrisia! Afinal, se fosse uma tatuagem de time de futebol ou implantes de silicone todos achariam normal. Esse país anda pra trás.

Deixe um comentário sobre o artigo