“Oedipus”, a tragédia clássica de Sófocles contada em extraordinária animação com vegetais

LuisaoCS

“Oedipus”, a tragédia clássica de Sófocles contada em extraordinária animação com vegetais

Todos conhecem a história: o rei Laio descobre pelos oráculos que seu filho, Édipo, está destinado a destroná-lo e a casar-se com a rainha, sua mãe, Jocasta. A tragédia do rei Édipo de Tebas sacudiu os corações da humanidade há mais de dois milênios, adaptando-se aos tempos com a plasticidade que somente as grandes obras possuem para sobreviver ao tempo.

Nesta versão Oedipus (2004) é uma batata que se encontra em um caminho com Laio, personificado por um arrogante brócolis. O poder desta tragédia é capaz de tomar uma nova vida através de objetos tão aparentemente cotidianos quanto os vegetais, e uma batata, um tomate, algo de alho e algumas couves-flores serão suficientes para nos levar a Tebas e reviver esta apaixonante história.


Foram necessários mais de dois anos para fazer o curta, e nele participaram mais de 100 voluntários. É um dos primeiros a ser filmado em stop-motion com câmera digital fixa. Os produtores afirmam que em seu momento esta tecnologia era tão inovadora que os animadores da Corpse Bride de Tim Burton detiveram suas filmagens para estudar o que faziam em Oedipus. Pena que não esteja em Português, mas vale muito a sua visualização.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo