Peixe-arqueiro cospe jatos de água para abater sua presa

LuisaoCS

Peixe-arqueiro cospe jatos de água para abater sua presa

A pistola de água é um brinquedo inofensivo para as crianças, mas, aparentemente, pode ser uma arma letal também. Uma espécie particular de peixe faz uso de jatos de água e as leis da física para visar e atordoar a presa.

O apropriadamente chamado peixe-arqueiro utiliza um processo único para caçar insetos terrestres e pequenos animais que visa: cospe e atordoa. Ele se esconde sob a superfície da água, à espera de insetos desavisados que pousam nas proximidades. Em seguida , ele cospe jatos de água com uma grande força, matando ou atordoando instantaneamente a presa. Todo o processo leva apenas um décimo de segundo.

O peixe-arqueiro pode derrubar insetos que pairam até a três metros acima da superfície da água. Uma vez que seleciona sua presa, ele gira seus olhos, para que a imagem da vítima recaia em uma determinada parte do olho. Em seguida, ele pressiona a sua língua contra o sulco no teto de sua boca para formar um canal estreito, e então contrai sua guelra para emitir um poderoso jato de água através do canal. A coisa toda é tão calculada que o poder deste tiro pode ser alterado de acordo com os tamanhos diferentes das presas. O jato pode atingir até cinco metros de distância.


Peixe-arqueiro cospe jatos de água para abater sua presa

Surpreendentemente, algumas pesquisas demonstraram que, em condições favoráveis, a força da água que atinge os insetos é muito maior do que a força com a qual ele deixa o peixe-arqueiro. O que significa que há ganho de velocidade, em vez de perda. Este é o oposto de como uma bala se comporta quando é acionada.

Peixe-arqueiro cospe jatos de água para abater sua presa

Durante anos, os cientistas acreditaram que o peixe-arqueiro havia evoluído com músculos ou órgãos internos que ajudariam a cuspir com muita força. Mas, graças a um novo estudo, realizado por físicos da Universidade de Milão e publicado na revista PLoS ONE, agora sabemos que este não é o caso. Na verdade, o ataque vigoroso do peixe é formado externamente usando a dinâmica da água.

Peixe-arqueiro cospe jatos de água para abater sua presa

De acordo com os novos dados, um peixe-arqueiro é capaz de modular a velocidade do jato da água uma vez que cospe, de modo que a forma do jato muda por meio do ar. Quando esta forma muda, a ponta do jato aumenta o volume do líquido em relação a sua cauda, assim uma grande gota é formada, atingindo o inseto com uma força que é cinco vezes maior do que aquela que um músculo de vertebrados desse porte pode gerar.

Peixe-arqueiro cospe jatos de água para abater sua presa

Além disso, um peixe-arqueiro pode instintivamente levar em conta os princípios da física, como a refração da luz e da instabilidade Rayleigh para determinar a verdadeira posição da presa -ao invés de uma percepção submersa-. Portanto, este pequeno peixe realmente considera as formas como as curvaturas de luz entram na água, tornando-se um dos caçadores mais precisos do planeta Uma peixe-arqueiro adulto é capaz de atingir o alvo quase sempre na primeira tentativa.

E isso não é tudo. O peixe-arqueiro parece mesmo saber de forma intuitiva sobre a gravidade e como a força gravitacional pode mudar o caminho do jato de água. O que peixe-arqueiro faz, essencialmente, é a resolução de problemas de física, especificamente de balística. Claro, ele não é realmente consciente disso.

O peixe-arqueiro é uma espécie composta de sete peixes pertencentes a família Toxotidae. Eles são encontrados na Índia, Filipinas, Polinésia e Austrália, tipicamente em águas de estuários e manguezais. Se você gosta de jogos de tiro ou dardos, talvez pudesse aprender uma coisa ou duas com este peixinho. E depois dizem que eles tem só 3 segundos de memória.

Via | BBC Nature.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo