Canadenses de 14 anos hackeiam caixa automático com um método tão simples que ninguém acreditou

LuisaoCS

Canadenses de 14 anos hackeiam caixa automático com um método tão simples que ninguém acreditou

Aqueles que estão familiarizados com a saga Exterminador talvez lembrem uma cena em a que o jovem John Connor, com ajuda de um amigo e um computador portátil dos 90, conseguia acessar no sistema operacional de um caixa automático e sacar um monte de dólares que depois gastariam em um shopping.

Pois bem, com algumas variações, esta situação aconteceu recentemente no Canadá, onde um par de adolescentes conseguiram hackear a segurança de uma ATM (Automatic Teller Machine), ainda que com um procedimento bem mais simples: encontraram on-line o manual da máquina, inteiraram-se da existência de uma senha que tinha esse modelo por padrão para entrar no modo de configuração e tentaram a sorte, descobrindo que o Banco de Montreal nunca modificou o password. Entre outras funções, na modalidade de operador uma pessoa pode ver quanto dinheiro tem o caixa naquele momento, quantas transações foram feitas no dia e ademais modificar o débito que o sistema faz pela retirada de dinheiro.


Curiosa ou previsivelmente -por sua condição de canadenses-, Matthew Hewlett e Caleb Turon não se aproveitaram da falha e, em contraste, foram a um escritório da instituição para avisar sobre a mesma. Contudo, o pessoal do banco não creu, pelo que exigiram provas do problema. Então os jovens voltaram ao caixa automático, entraram no sistema, mudaram a mensagem de boas-vindas de "Bem-vindo à ATM do BMO" a "Vá embora. Esta ATM foi hackeada", imprimiram alguns documentos das operações, mudaram o débito de uma retirada de um centavo e regressaram ao banco com a evidência pedida.

Então, claro, os encarregados de segurança do bando acreditaram e reagiram de duas maneiras: emitindo um comunicado no qual asseguraram que nem a informação nem as contas de seus clientes estiveram em risco e, por outro lado, contratando Hewlett e Turon para supervisores de sua área de segurança informática.

Cabe mencionar que há algumas semanas, quando anunciaram que Microsoft deixaria de fazer atualizações para o Windows XP, especialistas em segurança disse que talvez os caixas automáticos do mundo -que em sua maioria funcionam com esse sistema operacional- seriam vulneráveis a vírus, hacks e outros problemas de segurança. Os bancos asseguram o contrário, mas a dúvida permanece.

Via | Canoe.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Canadenses. Se tivesse sido eu... NÃO TERIA ROUBADO, é obvio... teria feito um shenanigan mais... legal.

E eu me achava o máximo fazendo o símbolo do Batman em basic IV.

Não sabia de nada, inocente.

Deixe um comentário sobre o artigo