Isso vai fazer você chorar. Você não está chorando ainda? Chore já!

LuisaoCS

Eu adoro os conteúdos emocionais que nos fazem chorar e que visam despertar a compaixão e a empatia nas pessoas, mas desprezo com todas as forças o sentimentalismo barato do tipo desencadeado pelo Upworthy, o site de maior crescimento na historia da internet. Um verdadeiro lixo que criou tendência como podemos notar no Facebook com diversos sites indo na mesma linha e implorando a atenção do leitor com títulos extensos no estilo:

  • "O que este homem fez, vai mudar a forma com que você vê a vida", o conteúdo mostra um vídeo de um sujeito que perdeu 12 kg;
  • "O que este pai fez por seu filho é uma das coisas mais sublimes que você já viu", o conteúdo mostra um vídeo de um pai alimentando seu filho que não tem braços;
  • "Um homem filmou o paraíso por 7 dias e o que ele flagrou é de tirar o fôlego", o conteúdo mostra um vídeo em time-lapse bem antigo. Belo, porém no Vimeo há milhares de vídeos com conteúdo igual e com melhor qualidade.

Ou seja, depois que o UpWorthy assumiu o Facebook usando essas iscas emocionais que parecem nunca falhar com gente mediana, vários outros surgiram na mesma linha e inclusive os próprios leitores começaram a criar este tipo de conteúdo raso, com fotos de bebês cotocos que pedem "Likes" ou "Amém". Mas o pior não é o estúpido que posta uma fotografia como esta, o pior é que estes posts tem milhares de compartilhamentos e curtidas. Agora me diga, quem é que diz "Amém" ("Assim seja") para a imagem de um bebê que teve a desgraçada sina de nascer sem os membros? Aff!

Mas depois de um tempo, estes truques em demasia começam a perder o efeito. E foi assim que o pessoal do Cracked decidiu zombar da fórmula viral do UpWorthy neste vídeo. Quase não há exagero aqui...



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo