Quer ser mais feliz? Então converse mais com estranhos

LuisaoCS

Quer ser mais feliz? Então converse mais com estranhos

Quando não é um ato invasivo, entabular espontaneamente uma conversa com estranhos que encontra em seu caminho pode representar múltiplos benefícios. Para além das gratas surpresas que esta prática pode, potencialmente, implicar, ao que parece pode ajudar a que sejamos mais felizes.

Depois de um experimento realizado em estações de metrôs e ônibus em Homewood, Illinois, os psiclógos Nicholas Epley e Juliana Schroeder demonstraram que a maioria de nós, quando estamos sozinhos em, por exemplo, um café ou um parque, se deve a que supomos que as pessoas que nos rodeiam não querem interagir. Isto é, no fundo a maioria dos solitários que coexistem em algum lugar veriam com bons olhos que alguém se aproximasse, mas não tomam a iniciativa pois pensam que o outro prefere manter à margem -e a outra pessoa pensa a mesma coisa também-; corroborando a opinião de Henry Thoreau, que certa vez disse que "As cidades são lugares em que milhões de pessoas se reúnem para ficarem sozinhas".

Outra das descobertas reportadas pelos cientistas, é que aquelas pessoas que iniciavam uma conversa com algum desconhecido terminavam por perceber sua experiência como mais grata e inclusive mais produtiva, em contraste com os que mantinham sua barreira.

De modo que se estiver lendo este artigo, talvez seja um sinal para que na próxima vez que saia sozinho e esteja em algum lugar público, considere romper essa círculo vicioso que favorece o isolamento e faça novos amigos.

Via | Business Insider.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo