Choques elétricos controlados no cérebro melhoram a memória

LuisaoCS

Choques de elétricos controlados no cérebro melhoram a memória

Enquanto existem métodos antiquados para fortalecer a criatividade e outros para esquecer canções, uma nova técnica que envolve o uso de correntes elétricas aplicada em um área em particular do cérebro, ocasiona uma notável melhora na memória do paciente.

Um estudo da Universidade do Noroeste, em Illinois, afirma que é possível estimular as regiões que interagem com o hipocampo para coordenar o funcionamento cooperativo da rede interconectada, mediante um procedimento específico da simulação magnética transcraniana, melhor conhecida como TMS.


Este método utilizado como um procedimento não invasivo, que envia corrente elétrica de baixo nível à região do cérebro, é aplicado em diversos padecimentos e transtornos neurológicos. De acordo com os pesquisadores, é comparável a uma orquestra e a forma em que as diferentes seções acompanham para tocar coordenadamente.

Os resultados obtidos de pacientes que se submeteram ao procedimento TMS durante 20 minutos ao dia por 5 dias, demonstraram uma melhora na memória de cada indivíduo. Joel Voss, autor do estudo assegurou que o efeito é mais notável em pacientes com problemas relacionados com a perda de memória, e afirmou que inclusive uma pequena mudança poderia ser traduzida em avanços de sua função.

Como se supõe de uma pesquisa, os testes continuarão em pacientes, mas desta vez naqueles na etapa de perda de memória. Desta forma desejam entender a capacidade do efeito e os benefícios que poderia levar ao tratamento de doenças, como o Alzheimer.

Outros experimentos reservam-se à busca de um método para estimular a habilidade de pensamento do ser humano, mas fica demonstrado que não é uma nova técnica e poderia ser considerada em uma grande lista de doenças.

Via | Science Daily.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo