A água da Terra é mais velha do que o Sol

LuisaoCS

A água da Terra é mais velha do que o Sol

A cada tanto topamos com alguma informação que nos assombra e redimensiona nossa pertença à imensidão do cosmos. O Sol, que tem 4,6 bilhões de anos, é o objeto mais velho de nosso sistema solar, que nasceu de uma nuvem de pó no espaço que foi acumulando em um disco e a partir do efeito gravitacional deste disco -que se converteu no Sol- se formaram os planetas. Mas ao que parece a metade da água de nosso planeta tem uma origem mais antiga.

Um novo modelo científico sugere que a água foi herdada de um fornecimento de gelo interestelar ao mesmo tempo em que o Sol estava se formando. Isto significa que a umidade de nosso sistema solar não foi o resultado de condições no disco protoplanetário (na nebulosa solar), senão uma característica padrão da formação planetária.


Pesquisadores do Instituto Carnegie recriaram em laboratório as condições químicas do nascimento do Sistema Solar e fixaram-se no deutério, um isótopo do hidrogênio. Descobriram que os índices desse elemento achados na água do Sistema Solar na a atualidade não podem ser fruto dos processos químicos dentro do disco protoplanetário, o que significa que deve ter sobrevivido pese à formação de nosso sistema solar e não a partir disto.

- "A química diz-nos que a Terra recebeu o fornecimento de água de alguma fonte que era muito fria, só dez graus acima do zero absoluto, enquanto o Sol, sendo substancialmente mais quente, apagou esta impressão do deutério ou água pesada (aquela que contém mais deutério que hidrogênio)", disse o pesquisador Ted Bergin.

Uma dos envolvimentos disto tem a ver com a possibilidade de que a água seja mais abundante do que cremos e exista em muitas partes do universo, o que, sob nosso modelo paradigmático, sugere que a vida é bem comum no cosmos.

- "Os envolvimentos deste achado é que parte da água do Sistema Solar foi herdada do mesmo ambiente onde o Sol nasceu e lhe precedia. Se a formação de nosso sistema é típica, isto implica que a água é um ingrediente comum durante a formação de todos os sistemas planetários", disse Ilsedora Cleeves, da Universidade de Michigan.

Ainda que a água que bebemos não tenha estritamente 5 bilhões de anos, sim é o resultado dessa protoágua do gelo interestelar na nebulosa solar. Há uma verdadeira memória na evolução -uma ressonância mórfica- e quando bebemos um copo de água ou entramos no mar estamos interagindo com um antiquíssimo processo universal, do qual nós somos parte.

Via | Science Daily.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Puxa, que curioso... De alguma forma eu sempre achei que a água não era tão rara no Universo. A vida, eu continuo achando que é.

Deixe um comentário sobre o artigo