Sobrevivência estatística no xadrez

LuisaoCS

Sobrevivência estatística no xadrez

Oliver Brennan fez toda uma análise a partir de uma pergunta no Quora: "Quais são as probabilidades de sobrevivência da cada peça de xadrez nos jogos históricos em geral?" De modo que preparou os 2,2 milhões de partidas do banco de dados Million Base 2.2 e pôs em um software de cruzamento de números.

O resumo é que para as brancas o peão e2 é o que mais vezes é eliminado da partida; curiosamente para as pretas é o cavalo g8. As seguintes peças são os outros cavalos e, evidentemente os peões centrais. Há uma curiosa simetria no resultado, o que é interessante dado que o tabuleiro não é simétrico e os conceitos de ataque e defesa estão muito marcados desde o princípio.

Os dois reis têm obviamente uma probabilidade de sobrevivência de 100% até o momento em que termina a partida. As seguintes peças mais resistentes são os peões laterais: h2, h7, g2, a2. Curiosamente as torres costumam sobreviver mais do que as damas (ainda que por pouco); aliás os especialistas sabem que mais ou menos 60% das partidas acabam nos chamados "finais de torres".



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo