Conspiranoicos advertem que o cometa 67P em realidade é uma maquina extraterrestre

LuisaoCS

Conspiranoicos advertem que o cometa 67P em realidade é uma maquina extraterrestre

Em geral, ter diferentes pontos de vista sobre um mesmo acontecimento é saudável. Primeiramente, porque a validade de nenhuma perspectiva é excludente e muito menos absoluta e, geralmente, o ponto de vista mais próximo à “realidade” resultaria da soma de todas as perspectivas que ao redor dela convergem. Por outro lado é importante, quase em qualquer contexto, duvidar das versões convenientes ou oficiais.

Neste sentido, supomos, a hipótese levantada por um grupo de ufólogos conspiracionistas em torno do cometa 67P deveria ser pelo menos considerada -inclusive levando-se em conta que para muitos parecerá extremamente ridícula–.


Recém anunciou-se que pela primeira vez uma agência espacial conseguiu aterrissar uma sonda sobre um cometa, para explorá-lo. Isto ocorreu quando a missão Rosetta advertiu ter conseguido. No entanto, há quem não ache que isto foi o resultado de um investimento multimilionária para estudar um simples cometa a esmo, senão que em realidade se trata de uma missão para analisar um estranho objeto criado por uma misteriosa inteligência extraterrestre.

O site Ufosightingsdaily.com, uma referência entre os caçadores de OVNIs e ufólogos denunciou:

"Não creiam nem um instante em que uma agência espacial repentinamente decidiu gastar milhares de milhões de dólares para construir e enviar uma nave a uma viagem de 12 anos para simplesmente tomar fotografias em close-up de um cometa escolhido aleatoriamente. O cometa 67P não é um cometa. Há 20 anos a NASA começou a detectar emissões de rádio provenientes de uma origem desconhecida no espaço. Posteriormente descobriram que vinham da mesma direção que o cometa 67P, que mostra sinais de partes que recordam a uma maquinário e terreno não natural."

Recalcamos que cada um é livre para não crer (ou não), e que por nenhum motivo afirmamos que esta hipótese seja falsa, mas em todo caso reiteramos que sempre é saudável considerar outras possibilidades à história convencional, e nada deveria ser descartado.


Escute o canto do cometa.

Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo