Philae aterrissou com sucesso no núcleo do cometa 67P

LuisaoCS

A ciência está avançando a passos gigantes ao redor de nós e de vez em quando temos a capacidade de presenciar avanços históricos, como a chegada do Curiosity a Marte ou a alunissagem. Hoje temos outro evento histórico em frente a nós: a aterrissagem da sonda Philae no cometa 67p/Churyumov-Gersimenko.

O módulo Philae converteu-se na primeira nave que os seres humanos colocamos sobre a superfície de um cometa. O pequeno veículo de 100 kg de peso posou sobre a superfície do cometa e começou a tomar os primeiros dados sobre a composição deste corpo celeste e a transmitir informações, pese que os arpões de ancoragem tenham falhado e a ESA suspeita que o módulo "quicado" no pouso.

Teremos que esperar a manhã de 13 de novembro para voltar a receber mais dados de Philae, via Rosetta, que agora está do outro lado de 67P, para tentar confirmar o que realmente aconteceu.

Em minha opinião, e guardando todas as diferença, a viagem de mais de dez anos que completou a maior façanha espacial da década ao tocar o núcleo de um cometa é o equivalente para esta geração à chegada à Lua das missões Apollo.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo