Hackers consumam um dos maiores roubos bancários da história

LuisaoCS

Hackers consumam um dos maiores roubos bancários da história

Tudo começou com um e-mail aparentemente inocente que chegou as contas de diversos empregados bancários. Ao clicar no link anexo em ditos e-mails um grupo de hackers obtinha acesso às redes internas dos bancos. Uma vez dentro localizavam as contas daqueles empregados que tinham acesso às transferências de dinheiro e caixas eletrônicos. Segundo notícias, o montante total roubado seria algo ao redor de 1 bilhão de dólares.

Mais de 100 bancos em 30 países foram afetados por este roubo eletrônico em massa, entre estas instituições bancárias da Rússia, Suíça, Japão, Holanda e Estados Unidos. Basicamente os hackers imitaram os padrões de transações dos bancos para que nada parecesse suspeito e simplesmente fossem percebidas como parte da atividade cotidiana.


Já com o controle sobre os fundos, o dinheiro foi transferido a contas falsas nos Estados Unidos e China, e em outros casos foi enviado direto a caixas automáticos nos quais, do outro lado, esperavam as mãos dos criminosos eletrônicos.

Conquanto os roubos eletrônicos perpetuados por hackers poderiam representar uma grave ameaça à segurança financeira das pessoas, quando estes são cometidos diretamente contra instituições bancárias é difícil evitar recordar aquela frase que reza: "ladrão que rouba ladrão..."

Não esqueçamos que os bancos e seus banqueiros, desde certa perspectiva e ainda que respaldados pela lei, roubam os cidadãos sistematicamente.

Via | NYTimes.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo