Facebook enfrenta demanda coletiva que já soma 55.000 registrados

LuisaoCS

Facebook enfrenta demanda coletiva que já soma 55.000 registrados

Facebook, a maior rede social do mundo, está enfrentando uma demanda coletiva liderada por Max Schrems, advogado austríaco de 27 anos. Uma reportagem da AFP indica que Schrems deu entrada no processo em um tribunal europeu, alegando que a rede social está fazendo rastreamento ilegal de dados. E como se trata de um problema coletivo, a ideia inicial era que 25.000 assinassem pedindo uma compensação de 530 dólares (1.600 reais), ainda que o total de pessoas registradas já alcança os 55.000.

Basicamente estão solicitando que Facebook pare com a vigilância em massa e que adote também uma política de privacidade que as pessoas possam entender e que não siga coletando dados de pessoas que nem sequer são usuários da rede social.

A maioria dos registrados na demanda são europeus, mas também existem pessoas de outras partes do mundo, inclusive do Brasil, que se juntaram a causa no site oficial da demanda.

Note-se também que por questões legais, os residentes nos Estados Unidos e Canadá não podem fazer parte do litígio.

A primeira audiência foi realizada em 9 de abril e Schrems diz que -desde seu ponto de vista- tudo saiu bem.

- "O Facebook tentou disputar minha condição de consumidor e acho que posso dizer que falharam. Agora espero a decisão escrita". Em todo caso, um representante do Facebook ainda tem que comparecer em frente aos juízes.

Agora vêm as apelações e outras questões que seguramente levarão uns quantos meses mais.



 

Comentários

Por isso que a nossa presidANTA Dilma fez parceria com Zuckerberg, o cara que disse uma vez que os brasileiros estão estragando o Facebook.

Eu descobri que uns sujeitos entraram no meu chat do face book para xeretarem a minha conversa...
Eu desejo que esses sujeitos fiquem gagos e que caia-lhes as partes baixas.

Deixe um comentário sobre o artigo