Stephen Hawking adverte que a Inteligência Artificial pode acabar com a humanidade

LuisaoCS

Stephen Hawking adverte que a Inteligência Artificial pode acabar com a humanidade

Parece uma notícia fake, mas tudo aponta a que Stephen Hawking tem sérias preocupações sobre os desenvolvimentos tecnológicos em matéria de Inteligência Artificial, e sua principal angústia se centra nos avanços que a humanidade possa conseguir neste campo antes de ter sequer a certeza da controlá-la 100%, para evitar que se vire contra nós.

De acordo com uma reportagem publicada pela Newsweek, Hawking aproveitou sua intervenção na conferência Zeitgeist 2015 de Londres, para advertir sobre os latentes perigos que representa o desenvolvimento de sistemas de Inteligência Artificial, em razão de que esta tecnologia conseguirá que os computadores superem completamente os humanos em menos de 100 anos:

- "Quando isso acontecer devemos estar seguros que os computadores terão metas em comum com as nossas (...) Nosso futuro consiste em uma corrida entre o crescente poder da tecnologia e a sabedoria com a qual a utilizamos.

Em dezembro do ano passado, Hawking já tinha falado sobre o assunto, declarando que "O desenvolvimento de uma Inteligência Artificial completa pode marcar o fim da raça humana". O ponto primordial para Hawking reside em quem controlará a Inteligência Artificial, assegurando que nunca se invertam os papéis.

As declarações deste gênio podem parecer paranóicas, exageradas ou até refutáveis para muitos, mas é bom recordar que o mesmo aconteceu com as reações provocadas por seus primeiros trabalhos publicados no campo da astrofísica e cosmologia. Abre a baga humanidade!

Via | NewsWeek.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo