Google Chrome coloca outro prego no caixão do Flash

LuisaoCS

Tinham anunciado em junho, mas desde hoje, 1º de setembro de 2015, é efetivo: o Google Chrome vai começar pausar de forma automática conteúdo em Flash que não seja central para o conteúdo da página que o internauta estiver visitando ou que abra em alguma das abas do navegador.

Google fala de melhorar a duração da bateria, mas é que ademais o Flash tende a "comer" também o processador, por não falar de que é um ponto a mais de ataque para malwares; seus buracos de segurança são notórios.

Pessoalmente, há tempos desinstalei o Flash de meu computador, ainda que uso o Chrome, que incorpora sua própria implementação de Flash, quando não me resta outro remédio para visitar alguma página dessas que só funcionam com ele.

Claro que tem que ser uma página que eu precise muito, muito, muito.

De modo que adeus, Flash. Já vai tarde!



Notícias relacionadas:

 

Comentários

caramba... quase todos os dias o FLASH faz atualizaçoes e eu acho que é assim mesmo.... Afff

E o JVM que tb deixa de ser auto-install e passa a ser opcional.

Mas ter de usar FireFox ou I.E. (blergh!!!) para acessar certificados digitais é ruim d+ da conta. Parece corrida de carroça sem rodas.

Deixe um comentário sobre o artigo