Perfume de cabeça de gato, e creme para mãos com cheiro de pata de gato

LuisaoCS

Perfume de cabeça de gato, e creme para mãos com cheiro de pata de gato

Os gatos conquistaram o mundo, mas seu reinado certamente é ainda mais poderoso na Internet e no espaço físico do Japão. Surpreendentemente (ao menos para nós), as cabeças dos gatos cheiram bem. Bom, de alguns gatos, segundo a opinião de seus donos.

A gente poderia pensar que se trata de uma piada elaborada mas há dois indícios de que isso pode ser verdade; ao que parece, uma companhia japonesa de moda e parafernália relacionada com os gatos realmente vende um perfume com cheiro de cabeça de gato.

Apaixonante, sem dúvida. Partindo da base de que as pessoas que já têm gatos podem cheirá-lo "ao vivo", entendemos que se trata de um produto dirigido aos que, em vez de um gato, têm uma pelúcia de gato, ao qual poderão aplicar o produto para convertê-los em algo mais parecido a um ser real.


Perfume de cabeça de gato, e creme para mãos com cheiro de pata de gato

O perfume foi desenvolvido sob o conceito de tentar captar as descrições que foram recolhidas em uma sondagem entre amantes de gatos: um cheiro descrito como "luz do Sol", "colchão que secou no Sol" e também cheiro de "pão doce". Aparentemente, os fabricantes passaram meses recolhendo amostras de felinos em cafés para gatos no Japão.

Perfume de cabeça de gato, e creme para mãos com cheiro de pata de gato

Pois se isso já não fosse o bastante, a marca também comercializa um creme de mãos com cheiro de pata de gato. A verdadeiro é que isso nos tirou a vontade de pesquisar se as garras dos gatos também cheiram bem. Se seguirmos avançando temo que chegaremos a produtos que reproduzam cheiros de certas partes dos gatos que negaremos em aceitar que cheiram bem. A cosmética felina tem que ter um limite, e não, um cu de gato não pode cheirar bem. Isso não é possível, ainda que os japoneses digam.

Via | Rocket News 24.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo