A epigenética explicada em 5 minutos

LuisaoCS

A epigenética é o processo mediante o qual o DNA interage com moléculas externas que ativam e desativam os genes de um ser vivo e que são devidas principalmente ao ambiente em que se encontram mais que pela herança genética. Tal e como contam neste vídeo de TED isto explica coisas como dois gêmeos idênticos possam chegar a ser muito diferentes com a passagem do tempo ainda que compartilhem 100% do material genético; simplesmente o que fazem durante suas vidas tem influências nas doenças ou habilidades que podem acabar desenvolvendo.

Como é sabido as novas células se especializam logo como parte dos órgãos dos seres vivos, se desenvolvendo para formar por exemplo parte de um coração ou um rim. E ainda que haja uns 200 tipos diferentes de células todas têm o mesmo genoma básico; as mudanças epigenéticas que mostram se devem às substâncias químicas com as quais interagem ao longo de sua vida. Isso faz com que sejam ativados ou desativados certos genes, que dá lugar a diferentes situações segundo a alimentação, as doenças que contraídas ou inclusive as experiências sociais vividas.

Os marcadores epigenéticos basicamente são apagados quando nascem novas células, mas há quem acredite que alguns podem ser herdados dando lugar a uma descendência com leves modificações epigenéticas que se comportariam segundo as conhecidas leis da seleção natural e a sobrevivência dos mais aptos, pois algumas destas modificações são para o bem e outras nem tanto.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo