A vida em um navio porta-contêineres

LuisaoCS

Este vídeo sem narração da Deep Blue Ship mostra ao longo de seus 25 minutos como é a vida em um navio porta-contêineres, um megacolosso dos mares que pese o seu tamanho costuma ir tripulado por algumas poucas pessoas (entre 20 e 40 é o normal). Em suas cenas podem ser vistos as tripas do barco, os mecanismos e engenharia subjacentes e também outros lugares do dia a dia.

Como pode ser visto seu aspecto é meio o de um cruzeiro de estrela mediana ou de qualquer estação polar ou plataforma petrolífera: zonas de trabalho por turnos bem separadas das zonas para a tripulação; ali há camarotes, academia, restaurante, diversas áreas comuns e até piscina.

Este navios não são muito rápidos -se movem a uns 20-25 nós = 30-40 km/h), mas podem transportar milhares e milhares de contêineres de um lugar a outro do mundo.

O título do vídeo identifica o navio como o CMA CGM Vela, de bandeira alemã, 130.000 toneladas e 347 metros de comprimento. A música da Enya que acompanha é bastante hipnotizante.

Como pensamento inquietante é só recordar que há uns 200 navios deste tipo abandonados em mares de todo mundo, a maioria da companhia naval Hanjin Shipping que tem 1.500 trabalhadores em pleno mar sem salário e cujos navios nenhum porto de nenhum país quer acolher. E do mesmo modo que estes navios podem ter seu encanto também têm jeito de ser bastante obscuros e tenebrosos quando chegam as más condições, como deve estar acontecendo neste caso que se alonga já semanas quando não meses sem solução.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo