Esta estranha massa viscosa com aspecto extraterrestre é um ser vivo

LuisaoCS

Algumas vezes todos somos como esta massa viscosa: um monte de carne gelatinoso repusando em um lago, pedindo que nos deixem sozinhos e em paz. Recentemente, uma destas coisas foi encontrada em um lago do Parque Stanley, em Vancouver, no Canadá. Ainda que não pareça algo terrestre, esta massa viscosa está viva e, segundo o Vancouver Courier, a Sociedade Ecológica do Parque Stanley que encontrou esta coisa de aspecto extraterrestre, contém uma horda de seres.

Em realidade são colônias de seres marítimos invertebrados muito pequenos chamados Pectinattela magnifica. O achado foi feito no tanque Lost Lagoon, no início do mês de agosto, e após inspecioná-lo os pesquisadores perceberam que o lago está cheio destas coisas.

Em realidade são colônias de seres marítimos invertebrados muito pequenos chamados Pectinattela magnifica é membro do filo Bryozoa, a razão pela qual se formam estas massas viscosas: após um pequeno Pectinella magnifica se reproduzir de forma assexuada o processo se repete uma e outra vez até que se forme uma colônia. Como estes seres são um pouco asquerosos e ninguém quer ser seu amigo, têm que se manter juntos.

Ainda que pareçam asquerosos, estas massas viscosas não fazem mal a ninguém. Alimentam-se de organismos microscópicos da água, que filtra à medida que comem. Segundo especialistas, a presença de briozoos de água doce "costuma indicar uma boa qualidade da água".

Sim, talvez esta massa viva não seja tão terna como um cãozinho, mas de igual forma tem um papel importante no ecossistema e todos deveríamos respeitá-la... bem de longe.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

A ultima vez que vi algo parecido com isso a criatura saiu de uma lata de feijão e devorou o mundo.

Por favor, reabram os Arquivos X

Deixe um comentário sobre o artigo