Capturam imagens insólitas de uma estranha medusa capaz de sobreviver ao inverno ártico

LuisaoCS

Através de um pequeno robô submarino, um grupo de pesquisadores da Universidade da Columbia registraram uma estranha sequência de medusas árticas deslizando ao longo do fundo do mar de Chukchi, perto de Barrow, no Alasca. O vídeo foi uma completa surpresa para os pesquisadores, que não esperavam ver medusas durante o inverno ártico.

A pesquisa, publicada na revista Marine Ecology, mostra como uma espécie de grande medusa conhecida como Chrysaora melanaster é capaz de sobreviver ao inverno ártico em sua forma adulta, uma etapa da vida conhecida como medusae. Antes destas observações, realizadas entre 2011 e 2014, pensavam que as condições sob o mar eram muito duras para as águas-vivas adultas durante os meses de inverno, e que esta espécie só poderia sobreviver sob o gelo ártico durante sua etapa como pólipo, um invertebrado marinho que libera pequenas medusas bebê na primavera.

O trabalho sugere que a Chrysaora melanaster é capaz de viver em sua forma adulta durante os meses de inverno, e possivelmente inclusive viver durante anos. Os pesquisadores agora suspeitam que os invernos frios em realidade são realmente bons para as medusas; a grossa camada de gelo marinho pode atuar como um escudo, protegendo das águas turbulentas. Enquanto, a água fria vai diminuindo seu metabolismo, permitindo que as medusas subsistam com pouca comida.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo