Procedimento de terapia genética relativamente simples poderia reverter a cegueira

LuisaoCS

Procedimento de terapia genética relativamente simples poderia reverter a cegueira

Os pesquisadores do Laboratório de Oftalmologia Nuffield da Universidade de Oxford, no Reino Unido, utilizaram pela primeira vez a terapia genética para reverter com sucesso a cegueira em ratos que sofrem de uma doença hereditária que provoca a privação da vista com o tempo, de acordo com um novo estudo publicado na revista PNAS. para tanto reprogramaram as células nervosas da retina, tecido situado na superfície interior do olho, para que voltem a ser sensíveis à luz.


Os roedores estavam afetados pela retinose pigmentar, nome dado a um conjunto de transtornos oculares hereditários, que são a causa mais comum de cegueira entre os jovens. A doença começa com uma deterioração da visão noturna e da visão periférica, e mais tarde afeta à leitura, a percepção das cores e a visão central.

Com o fim de combater esta doença crônica, os pesquisadores utilizaram um vetor viral, ferramenta que pode levar material genético às células para modificar um tecido celular específico e transformar os genes terapêuticos. No caso dos ratos, transforma uma proteína sensível à luz, a melanopsina, e reprograma as células danificadas para que enviem sinais visuais novamente ao cérebro.

O experimento teve como resultado ratos mantiveram a visão durante todo o ano depois do procedimento, podendo reconhecer objetos detalhados em seu meio, algo que indicava um alto nível de percepção visual. O seguinte passo seria iniciar um ensaio clínico deste método em pacientes, dos quais 50% possui membros de sua família com dita doença.

- "Há muitos pacientes cegos em nossas clínicas e é muito emocionante a possibilidade de devolver-lhes a visão com um procedimento genético relativamente simples", asseverou Samantha de Silva, a principal autora do estudo.

Via | Science Daily.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo