Um inseto robô capaz de voar e de mergulhar

LuisaoCS

Inspirado nos insetos, este diminuto robô compartilha com as abelhas, por exemplo, a capacidade de voar e de mergulhar. Na água, a tensão superficial do líquido e uma câmera de flutuação permite ao robô RoboBee manter as asas fora da água, enquanto uma pequena câmera eletrolítica produz oxihidrogênio mediante eletrólise, obtido do oxigênio da água. A liberação desse gás proporciona impulso ao robô, que pode assim romper a tensão superficial e sair voando.

Segundo os pesquisadores da universidade de Harvard, onde foi desenvolvido, os robôs híbridos aero-aquáticos encontrarão sua aplicação em estudos do meio ambiente e em missões de busca e resgate.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo