Versão de «Fahrenheit 451» que só pode ser lida mediante calor

LuisaoCS

No futuro distópico apresentado por "Fahrenheit 451", os livros são proibidos pelo governo e são exterminados a fogo por bombeiros que, em vez de mangueiras de água, são destros no manejo de lança-chamas. Foi nesse sentido que a Super Terrain, uma editoria francesa, criou uma edição do clássico de Bradbury que, ironicamente, precisa de calor extremo para que possa ser lido. Quando você passa uma chama próximo às suas páginas escuras, elas clareiam deixando à vista o texto da novela.

O desenvolvimento técnico foi feito por Charles Nypels Lab, instituto de pesquisa holandês especializado na experimentação com materiais e meios de comunicação.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo