Ver como uma rede neuronal inventa caras fotorrealistas é assustador

LuisaoCS

A Nvidia vem treinando suas redes neuronais para gerar fotos de famosos que não existem e conseguiu criar as imagens falsas mais detalhadas e convincentes que um algoritmo jamais criou. O método baseia-se em uma rede de geração adversativa (GAN) e tem truque. Como seu nome indica, em realidade são duas redes neuronais adversárias que trabalham juntas para melhorar o resultado. Uma rede gera as imagens a partir de um banco de dados (por exemplo, CelebA, uma coleção de centenas de milhares de fotos de famosos) e a outra, a adversária, verifica se são reais. Ao trabalhar ao mesmo tempo, estas duas redes podem produzir melhores falsificações.

Ainda que seja possível fazer bem mais que fotos de famosos que não existem (como criar novos objetos), o método tem suas limitações. Por exemplo, a resolução de 1024 por 1024 pixels é menor que a de qualquer câmera moderna, e muitas imagens não resultam fotorrealistas para o olho humano ou se parecem muito com as fotos autênticas em que se baseiam.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Me apaixonei pelas mulheres das fotos, e agora vcs me falam que elas não existem?

Deixe um comentário sobre o artigo