A forma estranha como o cobre interage com os super-ímãs

LuisaoCS

Ao contrário do aço, o cobre não é atraído nem repelido por ímãs. Mas isso não significa que não haja alguma interação. NightHawkInLight dá uma olhada em alguns dos comportamentos estranhos que ocorrem entre chapas de cobre e imãs de neodímio.

O que o editor do vídeo chama de "estranho" é nada mais do que física, especificamente uma clássica demonstração da Lei de Lenz, derivada do princípio da conservação de energia.


Na interação do imã de neodímio com um material não magnético condutor de eletricidade, o imã induz uma corrente elétrica no metal. Sendo que a corrente elétrica tem seu próprio campo magnético, os dois campos acabam por se opor causando o comportamento "estranho". Ou seja, o campo magnético contrário acaba desacelerando o imã e diminuindo a sua velocidade de queda, como podemos notar nesse outro experimento.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo