Conheça Charles, o irmão da robô Sofia

LuisaoCS

Peter Robinson, professor do Departamento de Informática da Universidade Cambridge, no Reino Unido, criou um robô capaz de imitar emoções humanas. O professor acha que o desenvolvimento do humanóide, batizado como Charles, ajudará os robôs do futuro a interagir socialmente com as pessoas e responder aos sinais não verbais humanos.

Charles tem câmeras especiais e programas de análises capazes de registrar e decifrar diferentes emoções humanas. Os dados analisados depois transmitem aos músculos artificiais de Charles, para que o rosto do robô reproduza movimentos faciais adequados associados com uma variedade de estados de humor programados.

O programador destacou que sua equipe continuará trabalhando para que Charles seja mais natural, com um sistema de monitoramento de emoções mais avançado, já que apesar de ser extraordinariamente realista, em função das próteses, os atuadores não conseguem imitar com perfeição os músculos humanos deixando aquela sensação esquisita do vale da estranheza.

Charles é a resposta britânica ao desenvolvimento do robô Sofia, que prometeu aniquilar a humanidade. Sofía também é capaz de mostrar 62 emoções humanas e recentemente aprendeu a caminhar (mais ou menos).



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo