Um controle remoto para humanos: engenhoso, mas talvez não muito prático

LuisaoCS

Desde já simples, simplista e elegante. O controle remoto para controlar humanos como quem controla os jogadores do FIFA, parece um daqueles dos antigos videogames de salão. Talvez não seja tão cômodo para quem utiliza o artefato, cheio de motores que fazem toc toc toc, para indicar a direção, mas o controlador pode até usar alguns diferentes combos.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo