10 importantes vantagens na vida de um ateu

LuisaoCS

10 importantes vantagens na vida de um ateu

Conquanto seja difícil determinar quem é ateu e quem não, já que muitos agnósticos em realidade são ateus sem sabê-lo e muitos ateus o são por ódio à religião ou outros motivos relacionados -como uma modinha-, aproximadamente 13% da população mundial se declara como tal. E ser ateu tem suas vantagens, se deixarmos um pouco de lado que correlação não implica causalidade.

Curiosamente, se fosse uma religião, o secularismo ocuparia o terceiro posto no ranking de adeptos no mundo, mas ainda assim continuam sendo desestimados e insultados. Sempre que extremistas, tanto cristãos quanto neo-ateus, se encontram, é um altercação sem fim, quando não deveria ser assim. Assim como a maioria dos ateus pouco se importa qual Deus é mais importante e onipresente para cada religião, o inverso deveria ter correspondência, mas não tem.


10 importantes vantagens na vida de um ateu

Se você verificar os posts de qualquer rede social, um em cada 10 tem cunho religioso. Eu não me importo nem um pouco com isso e acho que se a pessoa é feliz dessa forma, melhor para ela. O que me irrita profundamente é que se eu levantar qualquer assunto relacionado ao ateísmo, chovem críticos e haters de todos os lados com ofensas ad hominem, ademais rogando pragas, como se isso realmente fosse me afetar.

Chama muito a atenção esta corrente de pensamento mediático onde parece que laicos, agnósticos e ateus devem falar baixinho e não merecem o mesmo respeito dos crentes. Parece também que não podem ter o mesmo grau de liberdade de expressão.

Em nome do "respeito" devido às religiões e aos sentimentos religiosos, estão criando, de fato, apoio e visibilidade ao extremismo religioso. Não é de admirar que o islamismo é a religião que mais cresce no mundo hoje. Já está mais do que na hora de dar presença e respeito a estes laicos. Pois do contrário, vamos voltar a era das trevas e matar gente em nome de um deus.

É indispensável analisar claramente, sem rodeios, a natureza política dos grupos islamistas armados: são forças políticas que agem com a benção da religião. Seu objetivo é tomar o poder político e devem ser combatidos com meios políticos e com uma mobilização em massa, não dando oportunidades suplementares a essa ou aquela religião.

Suas persistentes exigências para que adotem leis contra a blasfêmia em todos os países do mundo constituem um perigo real para todas e todos, sobretudo para os próprios cristãos. Claro está!

10 importantes vantagens na vida de um ateu

Esta lista, por exemplo, postada pela Associação Americana de Psicologia é baseada em estudos que corroboraram a ideia de que há algumas vantagens em ser ateu (ou porque é melhor sê-lo) e jamais partem do pressuposto de querer ofender a este ou aquele religioso. Se acaso pensa que ela possa ferir suas suscetibilidades, basta parar de ler por aqui.

  1. Os ateus tendem a ter um quociente intelectual mais alto. Uma meta-análise de 63 estudos referendam esta ideia. As pessoas inteligentes também tendem a passar mais tempo estudando, o que por sua vez conduz a um maior sucesso profissional. Em geral, também terão trabalhos melhor remunerados.
  2. Os ateus não se sentem culpados e pecadores por qualquer situação, mas se limitam a fazer o que é certo com base nos conhecimentos que adquiriu. Isto conduz a uma maior autoestima e uma sensação de controle sobre os eventos da própria vida.
  3. A percentagem de ateus na população carcerária é infinitamente menor que a de crentes, de modo que temos de concluir que os ateus têm um comportamento moral/legal mais reto (ou melhores habilidades para enganar a polícia e a justiça). Em realidade, basear a moral na religião é uma péssima estratégia.
  4. Os ateus tendem a valorizar mais as descobertas científicas e é menos provável que se interponham no caminho do progresso científico, como ocorreu com frequência por motivos religiosos. Uma sociedade ateia é mais racional e orientada à ciência.
  5. Os ateus crêem na ciência e não se oporiam aos tratamentos médicos por motivos religiosos. De fato, quanto maior e mais extraordinário é o currículo de um cientista, mais provável é que seja ateu.
  6. Conquanto realizaram estudos que mostram os benefícios para a saúde física e mental de ser um crente, também foram publicados estudos recentes que não mostraram diferenças significativas na saúde mental das pessoas religiosas e não religiosas.
  7. Os ateus não iniciam guerras nem cometem atos de terrorismo por motivos religiosos, só para demonstrar que sua deidade é a correta. Os ateus tendem a não matar outros pelo bem do ateísmo.
  8. Os ateus não costumam se ofender se alguém pronuncia o equivalente a uma blasfêmia, se questiona sua falta de crença ou se escreve um artigo valorizando as vantagens de ser crente (de fato, nos artigos desse estilo não costumam ter comentários de ateus furibundos). Nem muito menos os ateus costumam solicitar que um texto seja censurado por ofender o ateísmo ou, pior, invadem uma redação e matam os jornalistas dali.
  9. Os ateus estão mais em paz consigo mesmos e não precisam reafirmar continuamente sua postura por maior que seja a insistência de alguém tentar convencer que estão equivocados (coisa lógica tendo em conta que a maioria das crenças valorizam as pessoas que crêem sem questionar a crença).
  10. Os ateus são geralmente céticos e tendem a ver os problemas desde um ponto de vista racional, com frequência científico, que exige provas. Para um ateu, os elementos da realidade são observáveis e podem ser provados.

Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo