Hacking: a vida real é mais dura que as expectativas

LuisaoCS

A maioria dos "hackers" são noobs estúpidos, que pouco ou quase nada sabem de programação, mas incomodam muito pois não há necessidade de saber programas quando existem muitas ferramentas e scripts prontos para quem quiser infringir digitalmente.

Os filmes de Hollywood em geral mostram agentes na penumbra lendo toneladas de código e invadindo sistemas invioláveis, mas, na vida real, geralmente não é muito diferente do mostrado neste curta-metragem nerd engraçadíssimo.

Tal e como avisa o autor, Ruben Giuliani, há alguns palavrões, mas isso é o de menos em relação ao nível de hack: Wikipédia, Stack Overflow e perguntas à mãe que anda pela casa... Digno de Matrix!



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo