Cientistas acham um perigoso componente em 90% do sal de cozinha

LuisaoCS

Cientistas acham um perigoso componente em 90% do sal de cozinha

Uma investigação realizada pelo cientista sul-coreano Kim Seung-Kyu e especialistas do Greenpeace East Ásia concluíram que 90 % do sal vendido a nível global contém microplásticos, isto é, fragmentos de plástico de menos de cinco milímetros de comprimento.

Segundo informam em um comunicado, a equipe analisou 39 amostras de diferentes marcas de sal, procedente de 21 países em 6 continentes, descobrindo que só 3 não continham partículas microplásticas. Ademais, descobriram que o sal marinho é a mais contaminada com essa substância. Esse tipo do produto é seguido pelo sal de lago e o sal de rocha. Também concluíram que a maior quantidade de microplásticos se encontra no sal originario da Ásia.

Kim acredita que seja esta uma prova de que nada escapa desta crise dos plásticos, especialmente à medida que continuam jogando lixo em nossas vias fluviais e oceanos.

O estudo adverte que com um consumo de 10 gramas de sal ao dia, um adulto poderia ingerir aproximadamente 2.000 microplásticos a cada ano tão só com este produto.

Via | GreenPeace.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo