Os fãs do heavy metal são mais felizes que os que escutam outro tipo de música

LuisaoCS

Os fãs do heavy metal são mais felizes que os que escutam outro tipo de música

O estereotipo do metaleiro associa-o com o brutal, o agressivo, o obscuro e com o que essencialmente sai do decibel do bem-estar comum. Antes, autoridades e pais de família declaravam sua preocupação de que grupos como Carcass e Metallica estavam incitando os jovens a uma escuridão moral e espiritual, incluindo a adoração do Demônio. Isto é, estava (e ainda está) associado justo com o oposto do paradigma cultural da felicidade. Mas um estudo de 2016 chegou a conclusão que os metaleiros dos anos 80 eram significativamente mais felizes em sua juventude, e atualmente estão mais acomodados que o restante de sua geração e inclusive seus colegas universitários.

É um simpático paradoxo se levarmos em conta que os metaleiros, que são quase caricaturescamente a antítese do #behappy, terminam sendo os mais cientificamente felizes e funcionais de todos, o que é, certamente, uma crítica categórica aos estereótipos new age da felicidade.


- "Os entusiastas do metal com frequência experimentavam sexo traumático e arriscado, drogas e vidas viciadas", reporta o estudo liderado pela Universidade Humboldt State. - "No entanto, a identidade metaleira também serve como um fator protetor contra resultados negativos".

No experimento, os pesquisadores acharam que - "Sem importar os desafios que implicavam alguns eventos adversos na juventude, os amantes e os músicos do metal reportaram níveis de felicidade significativamente maiores em sua juventude". Também descobriram que tinham muito menos arrependimentos de coisas que fizeram quando jovens, e resultaram ser adultos altamente funcionais.

Os fãs e os músicos do heavy metal sentem uma irmandade na comunidade do metal, uma maneira de experimentar emoções desbordadas com pessoas afins. Este sentimento de liberdade de expressão e de pertinência é o que consolidou uma maturidade saudável e alegre nos metaleiros. Alguma vez Quiet Riot disse que "o heavy metal vai te deixar louco"; agora sabemos que, se acontecer, é uma loucura bem mais recomendável que tantas outras.

Via | PSMag.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo