«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 630 | 631 | 632 || Next»

Sugestão da neurociência: se quiser escrever bem, não deixe de escrever

LuisaoCS

Sugestão da neurociência: se quiser escrever bem, não deixe de escrever

Para a realização de um estudo publicado pela revista NeuroImage, há um par de anos, sobre a relação entre o cérebro e a criatividade, fizeram ressonâncias magnéticas que comparam o cérebro de escritores experimentados com o de escritores novatos. Os resultados são surpreendentes.

Em primeiro lugar selecionaram 20 escritores com ao menos 1 década de experiência -pessoas que escrevem em média 21 horas à semana- e 28 escritores principiantes -que escrevem ao redor de 1 hora à semana-. Os 48 voluntários da pesquisa receberam o princípio de uma história para que primeiro fizessem um brainstorm de ideias para um possível final, e posteriormente pediram que escrevessem a história em um lapso de 2 minutos, enquanto todos eles se encontravam conectados a um escaner cerebral.

Os resultados assinalaram que o córtex frontal do cérebro dos escritores mais experimentados mostrava maior atividade, particularmente na área relacionada com a linguagem e a seleção de metas. Esta área do cérebro humano está associada com o processamento da linguagem emocional, por exemplo, a interpretação dos gestos. Isto poderia significar que os especialistas têm uma maior capacidade de entrar em contato com a parte emocional da escrita e da linguagem.


Incrível vídeo de ressonância magnética em tempo real mostra como reagem os órgãos bucais de um beatboxer

LuisaoCS

O pesquisador Jens Frahm, do Instituto Max Planck de Química Biofísica em Göttigen, Alemanha, mostrou como os órgãos internos da boca reagem enquanto Timo Schnepf, mais conhecido como Gaucho, realiza uma sessão de beatboxer sendo gravado por um scanner de ressonância magnética em tempo real que coleta 50 imagens por segundo.


25 experimentos de química em 15 minutos: quando a ciência é quase magia

LuisaoCS

Nesta apresentação TEDx o sempre espetacular professor Andrew Szydlo realiza 25 experimentos sobre química em tempo recorde: 15 minutos. Alguns são muito conhecidos, como a água que muda de cor ou diversos usos do nitrogênio líquido, mas outros nem tanto.

A apresentação tem um toque próprio de magos e ilusionistas ainda que tudo o que vemos nela é pura ciência, pelo que pode ser muito apropriada para aproximar os pequenos da química.

O que fica claro é que Szydlo tem muitas cartas na manga depois de ter feito inumeráveis apresentações e experimentos didáticos. O final com um monte de coisas explodindo e saltando pelos ares resulta certamente espetacular.


Quão alto é o risco de efeitos colaterais de vacinas?

LuisaoCS

Você já deve ter ouvido alguém, dizer que: - "A melhor parte de tomar uma vacina não é o pirulito,senão a parte em que você não fica doente nem morre." Basta perguntar a alguém que se lembra do pânico de surtos de doenças no passado, como a de pólio, catapora, sarampo ou varíola.

No entanto, nada neste mundo é totalmente livre de risco. A maioria dos medicamentos desenvolve efeitos colaterais em algumas pessoas, e mesmo que o número dessas pessoas seja muito pequeno, a ciência toma nota.

O coletivo Kurzgesagt nos mostra como funcionam as vacinas, usando o sarampo como exemplo e explica as chances de efeitos colaterais em números que podemos entender. De fato, o efeito colateral mais comum da vacina é menos crianças mortas.


A maior parte do que percebemos é uma ilusão criada por nosso cérebro

LuisaoCS

Diz o historiador e teórico Georges Didi-Huberman em seu livro "A invenção da histeria": "Mas quem sabe que é a “coisa real”? Quem sabe onde está a linha divisória entre o que inventamos e a realidade?" Ao que parece a neurociência cognitiva tem algumas respostas a respeito.

Segundo estudos realizados pela neurocientista Susana Martínez-Conde, diretora do laboratório de Neurociência Visual do Instituto Barrow, em Phoenix, a maior parte da realidade é inventada pelo cérebro, pois pese a sua complexa estrutura, também é uma máquina limitada.


Jovem com Síndrome de Down começou seu próprio negócio

LuisaoCS

Gabi Angelini, uma jovem de 21 anos com síndrome de Down, descobriu como é difícil encontrar um emprego para pessoas como ela. Como solução para isso, ela começou seu próprio café junto com sua mãe.

Mãe e filhas são apaixonadas por preencher uma necessidade para pessoas como Gabi. Então eles decidiram abrir a Gabi's Grounds, uma cafeteria em Raleigh, na Carolina do Norte, EUA, que empregará pessoas com necessidades especiais.

Elas não tinham dinheiro para uma loja ainda, então começaram do zero. Em parceria com o Larrys Coffee, outro café com funcionários com diferentes habilidades, fizeram assado`s especiais para serem vendidos em lojas locais. Você pode apoiar a Gabi para construir seu primeiro café em sua página GoFundMe.


Porque é tão difícil descobrir o que causa o Transtorno Cognitivo Pós-Quimioterapia

LuisaoCS

Hank Green, do SciShow, explica por que o comprometimento cognitivo que pode resultar do tratamento quimioterápico, também conhecido como Transtorno Cognitivo Pós-Quimioterapia, é muito difícil de identificar devido à ampla gama de cânceres, tratamentos e dados históricos. Como a identificação é difícil, o tratamento é elusivo, mas não necessariamente impossível. Os cientistas estão encontrando algum sucesso com o PAN-811, um inibidor da ribonucleotídeo redutase e neuroprotetor.


A assustadora cena de um tornado à vista de drone

LuisaoCS

A primeira coisa que posso pensar ao ver este vídeo de um tornado gravado à vista de drone é em "Twister", filme de 1996, que por alguma razão vi quase uma dúzia de vezes. Mas este vídeo não é de um filme, é a vida real. O video foi gravado por Brandon Clement, um caçador de tempestades que documenta eventos e desastres naturais com suas câmaras e seus drones, e compartilha em seu perfil do Facebook, WXChasing.


Este Relógio-Ovo mostra as horas com laser violeta e pintura fotocromática

LuisaoCS

Como todo relógio digno de assim ser chamado, este se atualiza a cada minuto. Um automatismo, armado com um laser violeta, vai decorando o ovo e desenhando a hora e minuto atual. O ovo vai girando para poder desenhar o seguinte minuto. O relevante é que esse desenho é feito com pintura fotocromática, que ao contato com a luz, pouco a pouco, vai desaparecendo, deixando espaço para voltar a ser reescrito quando o ovo rotacione 365 graus.


O segredo para ser rico e bem sucedido poderia estar em nossos genes

LuisaoCS

O segredo para ser rico e bem sucedido poderia estar em nossos genes

A chave do sucesso e da mobilidade social poderia estar em nossos genes, segundo apontou uma pesquisa realizada no ano passado por uma equipe de cientistas da Escola de Medicina da Universidade Duke em Durham, Carolina do Norte.

Os pesquisadores, que fizeram um estudo de associação do genoma completo (GWAS, por suas siglas em inglês) entre mais de 20.000 pessoas do Reino Unido, Nova Zelândia e EUA, chegaram à conclusão de que aquelas pessoas com certas variações genéticas ganhavam mais dinheiro, tinham melhores carreiras e chegavam mais alto em sua formação acadêmica.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 630 | 631 | 632 || Next»

Links: