«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 638 | 639 | 640 || Next»

Explicando as piores pandemias da história

LuisaoCS

Um episódio sombrio de After Skool conta a história das piores pandemias do mundo e explica o que podemos aprender com elas usando uma combinação de ilustrações do quadro branco e fotos históricas.

Ao longo da história, presenciamos várias pandemias como varíola e tuberculose. Uma das pandemias mais devastadoras foi a Peste Negra, que matou cerca de 100 a 200 milhões de pessoas no século XIV. As pandemias atuais incluem HIV/AIDS e a covid-19. Outras notáveis ​​incluem a pandemia da gripe de 1918 (gripe espanhola) e a pandemia de gripe de 2009 (H1N1).

A triste conclusão é que os humanos confiam em um sistema muito frágil que pode ser revertido a qualquer momento, mas existem medidas positivas que podemos tomar para mitigar o colapso social, incluindo o próprio medo.


Usando pó fluorescente para mostrar como os germes se espalham

LuisaoCS

O ex-engenheiro da NASA e vlogger de ciências Mark Rober, que está legitimamente preocupado com a pandemia global do coronavírus, conduziu um experimento muito interessante para descobrir como os germes se espalham pela sala de aula de crianças do ensino fundamental. Usando Glo Germ, um pó invisível fluorescente sob luz UV para simular a presença de germes, Rober foi capaz de rastrear como um vírus pode percorrer um grupo inteiro com apenas duas pessoas (aluno e professor) infectadas.


Como cuidar de animais de estimação durante a disseminação do coronavírus

LuisaoCS

Uri Burstyn, veterinário prestativa de Vancouver, no Canadá, compartilhou a melhor forma de cuidar de animais de estimação durante a disseminação do coronavírus com a ajuda de um lindo gata chamada Clawdia. O Dr. Burstyn abordou primeiro as informações erradas sobre a doença e os cães, dizendo ao público que não há conexão entre os dois. Animais de estimação não podem transmitir o vírus nem podem pegar o vírus de humanos. Ele também sugeriu maneiras diferentes pelas quais os humanos podem garantir que seus animais de estimação sejam saudáveis, mantendo-se a salvo de danos.


Como é o processo de fabricação de um disco de vinil

LuisaoCS

Com habilidade e trilha sonora simpática este vídeo do canal The Vinyl Factory mostra como é fabricado um disco de vinil. Tão só precisam 60 segundos em todo o processo.

Normalmente estes discos são utilizados para guardar e reproduzir música, ainda que por temas de qualidade de som tenham ficado já obsoletos e sejam uma atitude poser para os hipsters pobres de ouvido ou simplesmente edições para colecionadores. Mas havia também quem os usava para guardar vídeos de baixa qualidade, naqueles que foram os precursores dos laserdiscs, primeiro, e os DVDs e Blu-Rays, depois.


Esta é a misteriosa razão pela qual as pessoas inteligentes tomam más decisões

LuisaoCS

Esta é a misteriosa razão pela qual as pessoas inteligentes tomam más decisões

As habilidades cognitivas promovem aspectos acadêmicos e profissionais, mas não necessariamente os vinculados com decisões que levem a uma melhor vida. Todos conhecemos pessoas que se qualificam por ter um alto QI, mas cujas decisões de vida em ocasiões costumam ser péssimas; ou bem, pessoas muito inteligentes, mas que em sua vida cotidiana se metem em imbróglios muito estúpidos, como esquecer coisas, confundir o dia da semana, etc.


Por que temos anos bissextos, explicado com uma simples animação

LuisaoCS

A Terra demora 365,24 dias para dar uma volta ao redor do Sol, o que significa que no ano do calendário, de 365 dias, termina 0,24 dias antes que o planeta complete um ano sideral. Ao cabo de dois anos, o calendário terá atrasado quase a metade de um dia; e ao cabo de três anos, estará faltado 17 horas. Para corrigir este desvio, o calendário gregoriano acrescenta em um dia extra, o 29 de fevereiro, a cada quatro anos: nos anos bissextos. No entanto, o 29 de fevereiro faz com que o calendário deixe de estar bastante atrasado com respeito ao Sol a ficar ligeiramente adiantado, como ilustra este vídeo acima.


O truque dos pica-paus para não sofrer lesões cerebrais quando bicam os troncos

LuisaoCS

Provavelmente você nunca tenha pensado até agora como demônios os pica-paus conseguem bica os tronco com força, e não acabar com graves lesões cerebrais. Calcula-se que eles podem chegar a martelar o tronco de uma árvore uma média de 20 vezes por segundo. Desta forma conseguem fazer buracos para conseguir um bom jantar em forma de insetos ou seiva.

Ao comparar os crânios de pica-paus e frangos, os cientistas descobriram que os pássaros têm adaptações de absorção de impacto que outras aves não têm. Isto inclui ossos especializados do crânio, músculos do pescoço, bicos e ossos da língua. Os ossos do crânio têm uma composição química e densidade diferentes. Por exemplo, existe uma adaptação estrutural conseguida através do aumento de minerais nos ossos para torná-los mais rígidos e fortes em comparação com outras aves.


Fatos verdadeiros sobre o camarão-esqueleto

LuisaoCS

O camarão-esqueleto não é nem camarão nem esqueleto, senão que um caprelídeo da ordem de anfípodes, mas é divertido de assistir. Na verdade, você apreciaria este vídeo se fosse apenas visual, mas é claro que também temos uma descrição comparativa de dos caprelídeos em termos coloridos. Por exemplo, você tentará imaginar uma pessoa bêbada em um saco de dormir tentando atender uma campainha. Aparentemente, os camarões-fantasmas também são conhecidos por seu dimorfismo sexual.


Filmando um dardo tranquilizante em super câmera lenta para ver como funciona

LuisaoCS

Gav e Dan, os caras do Slow Mo aprendem sobre a física dos dardos tranquilizantes usando a câmera lenta como uma ferramenta útil. De fato estão usando uma zarabatana, cujo método de inocular o tranquilizante é o mais simples: através do impacto que faz com que o embolo force o líquido. Mas existem outros métodos para alimentar a injeção de fluído uma vez que o dardo atinja seu alvo. Isso inclui expansão de gás comprimido, criação de gás por reação química do fluido, liberação de uma mola comprimida e criação de gás por carga explosiva, que são mais efetivos para injetar totalmente o tranquilizante.


Treinamento de astronautas para a sobrevivência

LuisaoCS

Neste episódio de uma série sobre treinamento de astronautas no canal da Agência Espacial Européia no YouTube, Matthias Maurer explica como são os cursos de sobrevivência. Que, apesar do que você possa pensar, eles são mais sobre como sobreviver em terras inóspitas ou no mar, depois de voltar do espaço. Porque eles nem sempre tem sucesso com o local de desembarque.

Algo semelhante aconteceu ao lendário Aleksei Leonov: um atraso de 46 segundos na reentrada desviou a Vosjod 2 para 386 km do ponto planejado, para uma floresta inóspita perto de Solikamsk. Embora tenha sido logo localizado, o acesso ao local exato era muito complicado, por isso eles passaram cerca de 24 horas a -5 °C e sem aquecimento. Em outra situação delicada, a Soyuz 23, por sua vez, caiu no lago semi-congelado de Tengiz, em vez de em terra. Nove horas de espera até que um helicóptero chegasse.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 638 | 639 | 640 || Next»

Links: