«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 558 | 559 | 560 || Next»

O segredo de Carl Sagan como divulgador científico

LuisaoCS

O segredo de Carl Sagan como divulgador científico

Além de meus pais e alguns amigos são poucas a pessoas pelas quais guardo admiração de ídolo. Carl Sagan com certeza é uma dessas pessoas que respeito e cultuo tanto por sua faceta de cético convencido quanto pela de divulgador. Por isso me chamou muito a atenção uma frase sua que encontrei em "Why Carl Sagan is Truly Irreplaceable" em que fala a respeito de sua capacidade como tal:

"Acho que sou capaz de explicar coisas porque entendê-las não foi muito simples para mim. Algumas coisas que os estudantes mais inteligentes eram capazes de ver no mesmo instante eu tinha que bater cabeça para entendê-las. Sou capaz de lembrar o esforço que tinha que fazer para aprender. As pessoas muito brilhantes descobrem as coisas tão rápido que nunca se dão conta da importância dos mecanismos que os levam a entendê-las."

Como podemos inferir, o adolescente Carl Sagan não foi o aluno mais inteligente da sua sala, mas foi o que melhor assimilou seu aprendizado para inculcar novas ideias em toda uma geração ávida para aprender os segredos do Universo.

Há um ditado grotesco que diz "Quem sabe faz, quem mal sabe ensina!", que guarda lá sua verdade de forma tortuosa e que confirma uma situação do dia a dia: professores são geralmente péssimos empreendedores e é por isso que são tão bons (alguns são realmente fantásticos) em ensinar mentes brilhantes que se converterão em grandes empreendedores. O progresso e o desenvolvimento passa pelo ensino e educação.


Soldagem por atrito em câmera lenta

LuisaoCS

Embora a maioria dos processos de solda sejam feitos pela adição de metais quentes derretido com uma maçarico ou corrente elétrica, a soldagem por fricção cria articulações fortes pela fricção de metal contra metal em uma alta velocidade. Aqui, dois blocos de titânio são fundidos como se fossem apenas um. As aplicações se limitam a peças onde a têmpera do material não constitua algum tipo de problema para o proceso final.


Ler livros de ficção nos torna mais empáticos

LuisaoCS

Ler livros de ficção nos torna mais empáticos

Para muitos, não há nada como submergir em um bom livro de ficção: alimentamos nossa imaginação e nos evadimos das tarefas ou preocupações do dia a dia. Agora, uma nova pesquisa do Departamento de Psicologia Aplicada e Desenvolvimento Humano da Universidade de Toronto, no Canadá, publicada na revista Trends in Cognitive Sciences, vai um pouco mais longe, concluindo que ler novelas de ficção desenvolve também nossa empatia.

Segundo os pesquisadores, a literatura de ficção pode influir nas habilidades sociais de uma pessoa, concretamente em relação a sua resposta empática desde as letras ao mundo real, porque faz com que nos coloquemos na pele dos outros (dos personagens).


A moral é mais irracional do que racional

LuisaoCS

A moral é mais irracional do que racional

Por muito que pensemos em praticar uma ética utilitarista, racional e lógica, em que nossos julgamentos morais estejam ponderados e sejam equitativos, a verdade é que a maioria de nossas intuições morais brotam de forma tão alambicada como uma selva tropical.

A razão é que, ademais, nossa conduta não obedece a comportamentos estáticos e permanentes de caráter aplicáveis a todos os contextos. E isto é algo que começamos a saber faz quase cem anos, graças a alguns experimentos realizados na década de 1920.

Realizada pelos psicólogos da Universidade de Yale Hugh Harsthorne e Mark May, a pesquisa abrangeu 10.000 alunos aos quais ofereceram a oportunidade de mentir, enganar e roubar em uma variedade de situações.

As conclusões foram totalmente imprevisíveis, caóticas e alheias a padrões, tal e qual explica David Brooks em seu livro "The Social Animal":


O que acontece quando registram a quebra de um vidro a 340.000 frames por segundo

LuisaoCS

Quando examinamos como fazem cacos de vidro com extraordinariamente lenta velocidade que permitem as gravações de 340.000 frames por segundo, este ato tão cotidiano e familiar se converte em um fato espantoso. São os rapazes do Slow Motion que demonstram no vídeo que encabeça esta entrada.

A interface entre o cérebro e a visão do ser humano pode processar de 10 a 12 imagens separadas por segundo, percebendo-as individualmente (se exceder este número perceberemos como movimento). Na indústria cinematográfica, onde ainda utilizam filme, a indústria padronizou a projeção em formatos de 24 fps.


Cupcake com forma de espinha: você aperta e sai pus cremoso

LuisaoCS

Pensei que a moda dos bolinhos "originais" tinha acabado, mas ainda encontramos algumas jóias da confeitaria dignas de menção. Por exemplo, os cupcakes com forma de espinha purulenta.

Apresentam-se com o aspecto de uma pústula infectada que implora gritando que alguém a aperte para libertar todo o pus que contém. Ao fazer isso com os dedos, um saboroso creme começa a aparecer enquanto salivamos pensando na bela lambida que vamos dar. Diliça!

Uma criação asquerosamente apetitosa, graças aos californianos de Blessed by baking.


Quão normal você é? Segundo este psicólogo a normalidade é um mito

LuisaoCS

Quão normal você é? Segundo este psicólogo a normalidade é um mito

Você conhece realmente uma pessoa "normal"? Quando observamos de perto qualquer indivíduo -inclusive a nós mesmos- não se trata de seres monótonos, que literalmente têm apenas um tom, senão que nos encontramos com diferenças, tensões, contradições em diferentes níveis que nos fazem ser quem somos e que nos permitem seguir mudando e nos desenvolvendo.

No concernente a psiquiatria e a psicologia a divisão binária entre pessoas normais e anormais é uma mitologia que, de acordo com o doutor Gabor Maté, tem a ver com a disponibilidade de medicamentos, com a autoridade médica e com o sistema econômico, pois o anormal -como bem mostrou Foucault- é aquele que está excluído, antes que outra coisa, do sistema econômico, da produção e d consumo: o anormal (o doente, o excluído, o louco) é o que não trabalha nem compra nada.


Colheitadeira de morangos Agrobot

LuisaoCS

Eu já ouvi inúmeras críticas a este tipo de automatismo. Quando as primeiras ordenhadeiras chegaram ao curral de minha família, aquilo soou como uma trombeta do capeta que roubaria os emprego de pelo menos uma dúzia de homens. Pois todos eles aprenderam novas funções e continuam trabalhando na lida muito bem, obrigado! Para que uma máquina de colher morangos? Para que as pessoas que trabalhem na colheita possam galgar novos cargos, aprender novas funções. O progresso nunca rouba ocupações, senão que fornece novas atividades e possibilidades em que podem existir ganhos. Quem fica parado é poste!


Isto é voar baixo com um helicóptero

LuisaoCS

Não sei muito bem se o piloto é um louco como diz o título do vídeo; na verdade me parece um tipo que sabe muito bem o que faz, já que de fato é um vídeo publicitário do helicóptero. Mas mesmo assim é impressionante o domínio que tem do Bo 105 que pilota. Em algumas tomadas vai penteando a erva com a parte traseira dos esquis.


Futurama com atores reais

LuisaoCS

Simpático e inquietante ao mesmo tempo este falso trailer criado por fãs com as bênçãos de Matt Groening e a 20th Century Fox. Falar a verdade nunca gostei muito do esquisito seriado, mas essas maquiagens e cosplays do Professor Farnsworth e da Leela ficaram bem convincentes.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 558 | 559 | 560 || Next»

Links: