«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 631 | 632 | 633 || Next»

Há uma coisa que mata mais pessoas do que a obesidade: a solidão

LuisaoCS

Há uma coisa que mata a mais pessoas do que a obesidad: a solidão

A obesidade atingiu proporções epidêmicas a nível mundial, e a cada ano morrem, no mínimo, 2,8 milhões de pessoas por causa da obesidade ou sobrepeso. Ironicamente, inclusive morrem mais pessoas devido a obesidade do que por fome. No entanto, estes números não são tão altos como outro fator que ainda mata mais gente, ainda que nem sequer é considerado uma patologia: a solidão.

Segundo um estudo realizado pela Universidade Brigham Young em Utah, nos Estados Unidos, as duas grandes ameaças para a sobrevivência das pessoas, acima da obesidade, é a solidão e o isolamento social. Este foi o resultado de duas metanálises, que revelaram que a solidão e o isolamento social podem aumentar o risco de morte prematura até em 50%. A primeira metanálise incluiu mais de 300.000 adultos em 148 estudos, enquanto a segunda incluiu 70 estudos com mais de 3,4 milhões de adultos. Segundo explicou Julianne Holt Lunstad, líder do estudo:

- "Há evidências sólidas de que o isolamento social e a solidão aumentam significativamente o risco de mortalidade prematura e a magnitude do risco supera a de muitos indicadores de saúde líderes."

Segundo a especialista, estes resultados são particularmente preocupantes dado que o envelhecimento da população está aumentando.


As invenções menos conhecidas de inventores famosos

LuisaoCS

Quando você se torna famoso por inventar algo que mudou o mundo, você não descansa em seus louros, porque o impulso que surgiu com uma ideia genial também funcionará para os outros. Em outras palavras, os inovadores precisam inovar. Aprenda sobre algumas das outras invenções que não receberam muita publicidade, ou que poderiam ter sido um fracasso, no último episódio do Mental Floss List Show.


Um ano observando a Terra a partir do espaço

LuisaoCS

Este vídeo é o mais alucinante que vejo em muito tempo. Recomendo ampliar a tela completa, aumentar o som e desfrutá-lo em tempo real. Trata-se de uma montagem a partir das imagens tomadas pelo satélite japonês Himawari-8 desde a órbita geoestacionária a 35.786 km. De longe ou um pouco mais de perto é o que veríamos se passássemos um ano completo na órbita geoestacionária


Prático porta-moeda com forma de boca humana

LuisaoCS

Prático porta-moedas com forma de boca humana

Perturba você? Não se preocupe, pode ser normal que, em primeiro lugar, este original porta-moeda com forma de boca humana cause verdadeiro respeito. Mas quando começar a manipulá-lo e a brincar com ele, introduzindo algumas moedas e vendo quão fácil e prático que é utilizá-lo, certamente que se converterá em um de seus complementos favoritos.


Por que as impressões digitais são únicas?

LuisaoCS

O canal Minute Earth explica a ciência por trás das impressões digitais: como elas são formadas, por que elas desenvolvem seus padrões individuais e a matemática sobre por que não se reproduzem na natureza. É bem detalhado e faz você se perguntar como eles descobriram tudo isso?


As experiências reais que inspiraram Frankenstein

LuisaoCS

O romance de Mary Shelley, Frankenstein, foi escrito em 1818 e publicado em 1820. O livro era ficção, mas trazia ao público questões de ciência, filosofia e ética de uma maneira que as explicações da ciência dura não alcançavam. No entanto, as discussões sobre a natureza da vida e da morte e o que o homem e seu conhecimento poderiam fazer a respeito estavam na primeira linha da ciência na época, devido a alguns experimentos muito reais, semelhantes aos do Dr. Frankenstein. Vox aborda neste vídeo como os cientistas da época estavam empurrando os limites da própria vida.


A ponte compartilhada por carros e trens NA Nova Zelândia

LuisaoCS

Não importa onde você esteja, os trens têm o direito de passagem. Um trem pode demorar mais de um quilômetro para parar, o que significa que não podem parar só porque vêem um carro na ferrovia. Então, imagine a apreensão que um motorista sentiria ao atravessar uma ponte de rodovia que também é uma ferrovia. Uma sem luzes de aviso nem alerta. Esse é o caso de algumas pontes na zona rural da Nova Zelândia, como explica Tom Scott.


A Carne faz bem para o ser humano? É realmente saudável?

LuisaoCS

Os humanos são onívoros e comer carne sempre foi uma forma rápida de adicionar nutrientes às nossas dietas. Pelo menos esse foi o caso durante a maior parte da história. No mundo moderno, a carne é mais fácil e amplamente disponível do que nunca, e também eliminamos muitas outras preocupações com a saúde que reduziam o tempo de vida. Então, agora precisamos considerar o que é melhor comer para uma vida longa e saudável quando temos uma escolha quase ilimitada de alimentos. O coletivo Kurzgesagt expõe o estado da pesquisa sobre a quantidade e os tipos de carne que são bons para a saúde humana. A aula de carne termina às 8:45 e depois se torna um anúncio.


A ciência confirma o que vovó já sabia: melhor só do que mal acompanhado

LuisaoCS

A ciência confirma o que vovó já sabia: melhor só do que mal acompanhado

Um estudo publicado em a revista científica "Family Psychology" demonstra que é melhor estar só do que com a pessoa equivocada, já que as relações costumam estar fortemente relacionadas a saúde tanto física como mental.

Faz alguns anos, pesquisadores da Universidade de Buffalo, em Nova York, dedicaram dois anos a estudar as relações amorosas de duzentos jovens e adultos, casados ou namorados, e chegaram à certeza de que em ambos casos o casamento influía na saúde dos envolvidos.


Por que as aves migratórias voam em formação V sincronizada

LuisaoCS

Um vídeo curto, mas interessante, da NPR explica exatamente por que as aves migratórias, como os íbis, batem as asas em sincronia quase perfeita, enquanto voam em uma formação em V. A resposta tem a ver com a física: quando o pássaro principal bate as asas, forma-se uma corrente de vento pequena, mas discernível. Um estudo da Nature de 2014 mostrou que os pássaros que seguem atrasados se posicionam para melhor capturar essa leve corrente para maior sustentação, enquanto formam a sua. Este movimento leva a um inevitável V.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 631 | 632 | 633 || Next»

Links: